Clínica Imunoderm:
Referência em imunologia e alergia

Fundada em 2000 pelo Prof. Dr. Luiz Werber Bandeira e pela Prof Dra Evilmara Pagani Bandeira, a Clínica Imunoderm é referência internacional em Imunologia/Alergia e Dermatologia. Um resultado conquistado após anos de dedicação, estudos, pesquisa científica e experiência dos médicos, adquiridos em sua trajetória notável de mais 30 anos junto à Unidade de Imunologia Clínica e Experimental da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro.

Todos os atendimentos da rede Imunoderm seguem o protocolo criado pela Unidade de Imunologia Clínica e Experimental da Santa Casa, do qual Dr. Luiz Werber-Bandeira foi seu maior responsável, uma contribuição para a medicina brasileira.

Atualmente, a Imunoderm possui duas clínicas instaladas na cidade do Rio de Janeiro, localizadas em Botafogo e na Ilha do Governador, sob o comando do casal Prof. Dra. Evilmara Pagani e do Prof. Dr. Luiz Werber Bandeira.

Desde 2014, os especialistas trabalham no desenvolvimento da clínica social do projeto ASAS – Associação de Saúde e Sustentabilidade, uma iniciativa social da Imunoderm, principal mantenedora do projeto, em parceria com a Santa Casa. O projeto ASAS foi criado a partir do sonho de seu idealizador, o médico Thiago Luiz Morais de Souza Bandeira, e da história e incentivo do Prof Luiz Werber-Bandeira.

História: Imunoderm mantenedora ASAS

O legado e a contribuição de toda esta trajetória de atendimento clínico e acadêmico do médico Luiz Weber Bandeira se entrelaça com a própria história da Santa Casa, que desde os primórdios cumpriu um papel de 3º setor no país voltado ao voluntariado e filantropia na área da saúde.  Após décadas de atividades e diante do declínio dos atendimentos da Santa Casa do Rio de Janeiro, por questões mais amplas da crise internacional desde 2008, é que nasceu o projeto ASAS.

Perante também a inconformidade com os rumos do atendimento público na saúde no Rio, é que em 2014, a Imunoderm se reúne com a Santa Casa para criar a parceria com a ASAS, com intuito de ampliar o atendimento e dar acesso à saúde de qualidade à população, além de realizar trabalhos de pesquisa, incentivo à medicina acessível, para promover o desenvolvimento comunitário sustentável, com cursos e projetos de saúde e meio ambiente, além de outras atividades propostas em seu estatuto.

Inspirados em promover um atendimento de saúde universal e complementar, levando este novo conceito por onde atuar, foi que em 2015 a Imunoderm firmou um termo de gestão com a ASAS, no qual a clínica cede instalações, funcionários, transferência de conhecimento técnico/científico e convênios de saúde para implantar a clínica Social. Dessa forma, a Imunoderm deu embasamento e fundamentação para tirar o projeto ASAS do papel e tornar o sonho possível.

Também em 2015, o projeto recebeu do Ministério da Justiça o titulo de OSCIP (organização social de interesse público), que confere bases para atuar e receber incentivos do mercado, patrocínios, realizar parcerias público/privadas e ações de voluntariado.  A lei das OSCIPs é uma ferramenta em que o governo passa a abrir mão de determinados recursos para destiná-los às entidades sem fins econômicos para que possa viabilizar ações em benefício das comunidades onde atua, bases estas importantes para o projeto se tornar sustentável.

No mesmo ano, selou-se também um convênio com a Ulaval – Universidade de Laval, de Quebec, Canadá, centro avançado em pesquisa para tratamento do Câncer com intuito de contribuir e desenvolver pesquisa de tratamento oncológico e intercâmbio entre os médicos.

Em agosto de 2016, mais um passo importante: firmou-se o termo de cooperação entra a ASAS e a Santa Casa da Misericórdia, onde foi cedido um espaço de aproximadamente 400 m² para desenvolver os projetos e dar início aos atendimentos populares.

Ampliação do conhecimento sobre a Imunologia

Com o objetivo de desenvolver uma medicina mais social e preventiva, com foco nas áreas de imunologia, alergia e dermatologia, especialmente em crianças, e especialidades clínicas relacionadas, o projeto ASAS segue com a finalidade de promover a assistência social na saúde de comunidades por onde atuar e, quem sabe, espalhar novas parcerias pelo Brasil, afinal, o projeto como um todo procura disseminar e ampliar o conhecimento da Imunologia, um dos campos mais importantes da ciência, devido à abrangência dos seus estudos.

O objetivo é acrescentar mais possibilidades de desenvolvimento desta área multidisciplinar, inclusive pesquisando e agregando saberes científicos de outras especialidades médicas. Destacar este campo da medicina tornou-se indispensável para o progresso da comunidade científica e para promover o bem estar social e uma vida mais saudável a toda a população.